E começou a dispersão de vírus pelo Twitter

Que a dispersão de vírus iria acontecer em algum momento no twitter, ninguém duvidava, ainda mais com a popularização da ferramenta. Porém achei interessante como o método já começou avançado!

Aparentemente o vírus envia um direct para todas as pessoas que o usuário contaminado segue. A mensagem contém um link de um compactador de URLs. Até ai ainda é algo super comum.

virus no twitter direct

O que é interessante é que o criador do vírus (provavelmente um brasileiro, já que a mensagem é em português) aproveitou da extensão .com (um executável do DOS) para nomear o arquivo como “www.twitter.com“. Esse artifício já tinha sido usado para dispersar vírus no arquivo orkut.com.

virus no twitter

Portanto, agora você já sabe: As mesmas regras em emails agora vale para o twitter! Desconfie sempre que o link execute alguma ação estranha, como tentar baixar um arquivo! E ative a função “verificar destino da URL” nos encurtadores. O TinyURL tem o seu e o migre.me também. Já o Bit.ly possui um plugin para Firefox com função semelhante.

Ps: Se você reparar, a mensagem do direct não tem acento. É chato enviar acento via API para o Twitter! (na verdade é uma linha de comando, mas não é todo mundo que conhece como faz)

0 opiniões sobre “E começou a dispersão de vírus pelo Twitter

  1. Pingback: Ciso.blog.br » Lista 0003: O que mais dá pra fazer pelo Twitter?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>