Como utilizar informática nas aulas, porcentagem no Excel e trojan

Hoje estava sem saber o que escrever. Então parti para mais um momento [jingle] “Alguém caiu aqui poerguntando por _ _ _ _ e não encontrou a resposta” [/jingle]

Mata Mosca

Jogo “Selecione a Mosca” – Micro&gene

“como utilizar informática nas aulas de biologia”

Isso realmente é bem difícil. Temos problemas que vão desde o software suportado até a habilidade dos alunos com o computador. Na escola que eu dei aula de informática os computadores sequer tinham CD-ROM. Já numa outra escola onde computador é o que não faltava, os alunos simplesmente ficavam tão maravilhados com os computadores que sequer prestavam atenção na aula.

Levar os alunos aos computadores requer muito planejamento. Na minha opinião, o mais importante é saber o público-alvo.

Se a maioria de seus alunos raramente tem contato com um computador, eu acho mais interessante aproveitar e fazer com que eles aprendam a buscar determinado assunto. Escolha sempre um tema JÁ ABORDADO EM AULA. Assim o aluno pode aprender a fazer uma busca, conseguir separar conteúdo útil para ele e discutir esse conteúdo com os colegas. Por exemplo, assim que terminar de abordar a fotossíntese, que tal levar os alunos para pesquisar sobre as teorias da extinção dos dinossauros? Deixem eles tentarem descobrir a possível relação entre o fim dos dinossauros e a fotossíntese…

Já se os alunos tem contato quase que diário com um computador, você pode procurar sites na internet que APLICAM o conhecimento já dado em aula. Joguinhos “biológicos” melhoram a compreensão da matéria! Um ótimo exemplo é o Micro& Gene. Neste site existem joguinhos interessantes, até mesmo para quem já saiu faz tempo da escola/faculdade. Obviamente você pode também fazer a busca citada acima, mas ai sem a obrigação de “inclusão digital”.

Que tal ousar mais um pouco? Agendar um bate papo da sua classe com alguma outra classe do outro lado do país para discutir meio-ambiente seria algo inesquecível! As comunidades de professores no orkut estão ai para isso!

Todos os meus professores de educação física simplesmente davam a bola e falavam “joguem ai”. Não faça o mesmo com seus alunos. Aproveite esse momento junto aos computadores… Além de ajudar no ensino, não esqueça de mostrar para eles que o computador é uma ótima fonte de informação.

Peço ajuda ao fisicomaluco! Talvez ele tenha mais algumas idéias voltadas para a física ou para o ensino em geral! 🙂

“como adicionar 30% na tabela do excel”

Isso não tem a ver com Excel e sim com matemática. Existe um jeito de se adicionar 30% na fórmula, mas se você souber matemática, você saberia que multiplicar a célula por 1,30 dá o mesmo resultado!

Porcentagem ou Porcentagem

“podcast sobre tecnologia móvel”

Bia Kunze

Impossível ele não conhecer a Bia Kunze e seu Pod sem fio, mas não custa passar: http://www.garotasemfio.com.br

(Jabazinho : Meu podcast – http://www.decodificando.com.br)
“trojan no pc o q fazer”

Se você achou um trojan, sugiro:

1- apagar o trojan
2- trocar as principais senhas (email, banco, programas)
3- fechar as portas do firewall. Se não tem firewall, instale um
4- atualize o antivírus e rode em todos os computadores que você tem acesso.

Mas fique tranqüilo!!! O problema não é achar o trojan… O “pobrema” é não achar o trojan… re re re

5 thoughts on “Como utilizar informática nas aulas, porcentagem no Excel e trojan

  • 23/08/2007 at 12:02 pm
    Permalink

    Faaaaaaaaaaaaala JONNY!!!

    Que bom que vc gostou dos blogs. Aqui formamos uma dupla mega blogueira, com o site de divulgacao cientifica pra criancas, o de informacao sobre aquecimento global e mudancas climaticas e dois de joguinhos em flash (um em portugues e o outro em ingles). Sensacional!!!

    Bom, aih vao minhas dicas: “O DNA vai a escola” oferece oficinas nas escolas, nao se se usando computador ou nao. De qq modo, no site deles eles tem 3 recursos de multimidia que podem ser usados pelos proprios professores e parecem legais, embora eu nunca tenha usado. Aih vai o link:
    http://www.odnavaiaescola.com/

    Depois, a muito tempo atras tinha rolando um flash pra ensinar fotossintese. Se nao me engano era um projeto do Bayardo, mas nao achei na rede…

    O Prof. Leopoldo de Meis tb deve ter criado coisas no sentido de ensino de biologia e computadores – lembro disso numa das Semanas Tematicas da vida. Outro que tem que dar uma checada!

    Abracos de quem tah chegando!
    Paula e Carlos Hotta

  • 27/08/2007 at 12:41 pm
    Permalink

    Pois é rapaz, imagino vários aplicativos sendo executados pelos alunos, cada qual relacionado a uma área da física, um pra lançamento outro pra empuxo e assim vai…
    O mais importante é organizar o conteúdo e enquadrá-lo ao ritmo e série da turma, sigo a idéia de que melhor aprender pouco com qualidade do que tentar aprender muito…
    Outra coisa interessante é, para turmas de programação ensinar a programar tentando resolver cálculos que são interessantes para a vida do aluno, cálculos relacionados com óbitas e períodos estelares, caso os alunos tenham curiosidade, pode ser interessante.
    Utilizar o computador como fonte de pesquisa também pode ser interessante, qual o tamanho do nosso planeta? a temperatura no centro, a distância ao sol e mesmo questões relacionadas ao interesse do próprio aluno podem ser boas pedidas…
    PS: Gostei do blog rapaz…

  • 29/08/2007 at 2:26 pm
    Permalink

    Valeu Daniel…

    O que me deixou bastante triste é que eu quase não tive aulas práticas no colégio!

    Eles privilegiam a formação para passar no vestibular à formação acadêmica do aluno…

    Nem coisas básicas com roldanas eu tive!!! NEM CALORIMETRIA!!!

    Quando eu tive que montar o laboratório do colégio que eu trabalhei, não tinha menor idéia do que daria para fazer… Principalmente de física e química!!

  • 29/08/2007 at 4:21 pm
    Permalink

    Mas Jonny, isso é um problema do sistema nosso de ensino, as escolas não produzem cientistas, elas produzem material humano, nada mais…
    Fico tão triste ao lembrar que na minha quarta série estávamos estudando o sol, a terra e as estrelas e houve um eclipse muito bacana, que dava pra ser visto muito claramente e a professora preferiu continuar com a apostila e proibir a nossa saída de sala para observar o fenômeno, algo que não entendo até hoje…
    Lembro-me na oitava série das aulas de química, a professora mandando agente decorar a tabela periódica….é triste….

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *