Esqueça um pouco o currículo e se preocupe com a entrevista!

É impressionante como o número de desempregados tem crescido nos últimos anos. E não me baseei nas últimas pesquisas do IBGE, e sim pela quantidade de currículos que eu tenho recebido em minha caixa postal! Ou temos muitos desempregados ou muitas pessoas insatisfeitas com seu atual trabalho.

O fato é que eu adoro ficar vendo esses currículos, mesmo que nem esteja procurando alguém. Uma coisa que eu acho impressionante é como as pessoas gostam de gastar seu tempo fazendo cursos ou participando de palestras só para encherem o currículo, e simplesmente esquecem de se preparar para a parte principal: A entrevista!

Para mim a entrevista é mais importante que o currículo e quase ninguém se preocupa com isso! Vou colocar algumas que eu ouvi recentemente na minha breve carreira de Roberto Justus.

Entrevista 1:

 

Eu: Você conhece nosso ramo de atividade?
Entrevistado: Eu vi no site de vocês, mas não entendi direito…

Entrevista 2:

Eu: Me cite uma qualidade sua…
Entrevistado: Ah, eu convenço bem as pessoas!
Eu: Então me convença a te contratar…
(Silêncio constrangedor)
Eu: ok, continuando a entrevista…

Entrevista 3:
Eu: Me cite um defeito seu…
Entrevistado: Eu sou perfeccionista (resposta básica de entrevista)
Eu: E por que você considera isso um defeito?
Entrevistado: Ah, é que eu gosto das coisas muito bem feitas!
Eu: Hummmmm… e isso não é uma qualidade?
(silêncio constrangedor)

Observação 1: Se você realmente for utilizar o clichê do “ser perfeccionista”, ao meu ver o defeito não é que o perfeccionista gosta das coisas bem feitas, e sim porque ele tem problemas de trabalhar em grupo já que gosta das coisas do seu jeito!

Observação 2: Se realmente você for perfeccionista e isso sempre infliuiu negativamente no seu trabalho em grupo, trate de achar algum outro defeito. Provavelmente eu não contrataria alguém com esse perfil!

Observação 3: Currículos devem ter no máximo 75% de uma única folha e olhe lá…

5 thoughts on “Esqueça um pouco o currículo e se preocupe com a entrevista!

  • 21/08/2007 at 3:33 am
    Permalink

    Po, pior que eu sempre fui perfeccionista, e só de tempos pra cá notei como isso é “jargão” nas entrevistas… Agora sempre aviso os psicólogos que eu sei que é jargão, mas no meu caso é real, eu sou assim desde pequeno, “por favor acreditem em mim caceta!” hehe! Mas pelo contrário, gosto de trabalhar em grupo, muitas vezes as pessoas dão idéias perfeitas que você nem havia imaginado… aliás, é este o objetivo do trabalho em grupo, não é? Acho que perfeccionismo não define falta de aceitação de opiniões alheias, apenas a necessidade de ver algo rodar/funcionar perfeitamente, e as idéias pra que isso aconteça não precisam ser necessariamente minhas.

  • 21/08/2007 at 9:36 am
    Permalink

    Outra coisa que eu odeio, respostas monossilbicas:

    “Como é seu relacionamento familiar?”
    R. “Bom”.

    “Você gosta de ler?”
    R. “Sim”.
    “O que você costuma ler?”
    R. “Revistas”.

    Isso me da a impressão de que a pessoa não esta mto interessada.

  • 21/08/2007 at 12:48 pm
    Permalink

    hehehe… As perguntas básicas da entrevista são:
    1 – Quais os seus pontos fracos?!
    2 – Quais os seus pontos fortes?!
    Não necessariamente nessa ordem.
    A minha resposta de pontos fracos é sempre: Falar quando uma pessoa fez algo errado, digo o que ela deveria ter feito, mas claro, sempre ajudo, e me coloco à disposição em qualquer momento. Compreendo que algumas pessoas acham que quero ser o dono da verdade, mas meu objetivo é que pelo menos no meu departamento, tudo esteja nos conformes, e que ninguem tenha nada do que reclamar!
    Nos pontos fortes: sou muito dedicado, quando me coloco em alguma coisa, procuro trabalhar serio.

    Quando fala em familia sempre falo da minha mãe: “AH! Eu adoro minha baixinha, gordinha… ehehe” 😀
    Quebra o gelo na hora!!! E sempre deixa à vontade no entrevistador de perguntar: “E seu pai?!” hehehe

  • 21/08/2007 at 11:36 pm
    Permalink

    Eu me acho demasiadamente detalhista (seria um eufemismo para perfeccionista?) e meu currículo tem 2 folhas em 100%!

    É complicado dizer tudo em uma folha!

  • 09/11/2012 at 12:49 pm
    Permalink

    ola td bm?
    eu sempre me complico na hora de dzr um defeito e uma qualidade .?
    anciosa.defeito
    decidida.qualidade

    vc acha q isso pd ser msm considerado defeito e qualidade?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *